sábado, 30 de agosto de 2014

IRARÁ-BA: HOMENS ARMADOS COM PISTOLA EM UMA MOTO PRETA FAZ MAIS UMA VÍTIMA

Por Clóvis Gonçalves
A 5ª CIA da Policia Militar do estado da Bahia sediada no município de Irará-Bahia às 18h18min desta sexta-feira (29/8) a Central de Operações Policiais da mesma CIA recebeu a informação que Luan dos Santos residente na Fazenda Brejo na localidade da Vázea zona rural de Irará havia sido vítima de assalto praticado por dois homens não identificados que levaram um aparelho celular.
Segundo o pai da vítima, um dos homens estava armado com uma pistola, a bordo de motocicleta CG 150 de cor preta que também não teve as letras os números da placa anotados, as informações passadas aos policiais militares que estiveram no local da ocorrência realizando várias diligencias é que os acusados fugiram com destino para a Fazenda Caboronga não sendo alcançados pela guarnição da PM que estava na viatura Falcão 61.(Matéria original do blog clovisgoncalvesdeirara). 

CAMARA PAGA ATÉ CANAL PORNÔ PARA DEPUTADOS


Por Clóvis Gonçalves
Parlamentares contratam pacotes de TV por assinatura com futebol, cinema e sexo explícito. Despesas são ressarcidas com dinheiro público por meio da cota parlamentar
Pacote contratado por deputado dá acesso a canais de esporte e até produções de conteúdo adulto. Filme de Woody Allen foi comprado à parte. Clique para ampliar
Mais uma modalidade de uso questionável de recursos públicos está em curso na Câmara, desta vez por meio de TV por assinatura. Ao menos três deputados aproveitaram as benesses da Cota para o Exercício da Atividade Parlamentar (Ceap), que garante fornecimento de produtos e serviços necessários ao exercício do mandato, para contratar pacotes especiais de televisão fechada. São mais de cem canais à disposição, dezenas deles em alta definição, com instalações nos gabinetes e até nas casas dos parlamentares. É de se imaginar que o interesse das excelências seja por notícias ou programas culturais. Mas há campeonatos de futebol e até canal pornô no conteúdo pago com o dinheiro do contribuinte.
Congresso em Foco teve acesso às faturas de TV fechada de três deputados: Flaviano Melo (PMDB-AC), José Airton (PT-CE) e Renato Molling (PP-RS). Eles contrataram pacotes especiais e ainda aderiram às ofertas das operadoras, que preveem até a abertura do sinal dos chamados “canais adultos”. Houve também compra de filmes e campeonatos de futebol no sistema pay-per-view (pague para ver, em tradução livre). Obviamente, com mais custos para o contribuinte, que é quem de fato paga a conta.
O benefício vem por meio do chamado “cotão”, como é mais conhecida a Ceap, verba multiuso destinada ao pagamento de inúmeras despesas, principalmente passagens aéreas, combustíveis e aluguel de veículos. Com essa cota, a Câmara e o Senado gastam por ano cerca de R$ 253 milhões. A verba varia de estado para estado – deputados do Distrito Federal recebem R$ 27,9 mil; os de Roraima, por exemplo, R$ 41,6 mil. A média dos gastos com o cotão na Câmara é de R$ 35 mil mensais por deputado.
Sex Zone HD
Lúcio Bernardo Jr./Ag. Câmara
Renato Molling: "O pacote que foi feito é o mínimo. Mas não sei o que tem lá”
Em seu segundo mandato, Renato Molling contratou o serviço “combo” da Sky, que oferece mais de cem canais e outros 34 itens opcionais em alta definição. No pacote de Renato, coube ainda o serviço de transmissão do futebol brasileiro (“Brasileirão série A ou B + 1 campeonato estadual”) e a “Sex Zone HD” (veja o site), uma zona digital dedicada a filmes, programas e demais atrações pornográficas. Nesse pacote, três equipamentos são fornecidos ao comprador – 1 Sky HDTV Plus, 1 Sky HDTV Slim e 1 Sky HDTV Zapper, entre outros mimos.

O valor, de R$ 279,60, sobe para R$ 299,60 com os itens opcionais. O ponto, de acordo com a fatura, está localizado em Sapiranga (RS), município da região metropolitana de Porto Alegre onde Renato mantém seu escritório político.
Em entrevista ao Congresso em Foco, Renato diz não ter ideia do que há em seu serviço de TV por assinatura. “É um pacote que foi feito. Não sou nem eu que faço. Fizemos essa assinatura para ficar por dentro das notícias, dos programas de política. Acredito que não deva ter isso [canais pornô, de futebol etc], porque o pacote que foi feito é o mínimo. Mas não sei o que tem lá”, afirmou o deputado.
Renato Molling disse que seu gabinete vai devolver à Câmara o que foi gasto com canais extras em observância ao sistema de custeio da cota parlamentar. “Estamos vendo como ressarcir aquilo que não pode ser feito. Agora, não sei o [canal] que pode e o que não pode. Já orientei o pessoal para não ter mais esse pacote. A gente olha notícia ou a parte cultural [dos programas]. Foi um lapso, e estamos corrigindo para que nunca mais volte a acontecer”, declarou o deputado, ressalvando que possui trajetória política ilibada. “Sempre me elegi dentro do que é correto.”
Combo “full top”
Gustavo Lima/Ag. Câmara
"Foi um erro involuntário", diz Flaviano Melo, que pediu desculpas e mandou cancelar o pacote
Já Flaviano Melo, também em seu segundo mandato, contratou o pacote mais caro, também da Sky, com serviços complementares e ampla oferta em transmissões de futebol – apenas este opcional custou, na fatura emitida em 4 de junho deste ano, R$ 69,90. Referente ao período entre 16 de junho e 15 de julho, o pacote escolhido pelo deputado é o “Combo Sky HDTV Full Top”, que dá direito a três campeonatos de futebol. O valor da fatura é de R$ 422,35, com “serviços do mês” em R$ 432,35.

Mas bastou uma ligação à Sky para saber que, no descritivo da fatura “Opcional 1 + Opcional 2″, o que se pede a mais é justamente o acesso a determinados filmes adultos, à livre escolha do usuário. O pedido especial foi feito entre os dias 16 de junho e 15 de julho, e custou R$ 42,90 a mais na conta final.
À reportagem, Flaviano não respondeu se foi ele quem pediu o filme adulto. Confrontado com a possibilidade de alguém de seu gabinete ou de sua convivência pessoal ter pedido o serviço extra, disse que tomaria providências para descobrir. Ele pediu desculpas à sociedade pelos excessos cometidos na contratação do pacote de TV fechada. Para Flaviano, a questão já foi resolvida.
“Já ressarci isso. Pedi à Câmara para me informar o valor que foi gasto com isso [canais extras]. Foi um erro meu? Foi. Mas foi um erro involuntário. Quando me alertaram, vi e corrigi. Nem estão debitando mais [na conta da Sky]”, declarou o peemedebista.
Dizendo ter havido confusão no instante em que o serviço foi instalado, o peemedebista admitiu que os canais estavam à disposição tanto na Câmara quanto em sua casa. E na mais vasta oferta. “Tem no meu escritório e tem em casa. Mas foi esse rolo todo, eles [instaladores] inverteram e colocaram também na minha casa. Está tudo [canais] lá, deve ter de tudo. Quando você compra esse pacote, compra tudo. Dei bobeira. Mas peço desculpa e já ressarci o pagamento. Estamos sujeitos a esses erros”, completou Flaviano.
Conexão Papicu
Já o deputado José Airton consumiu R$ 383 em TV a cabo, segundo a fatura emitida em 25 de junho, com vencimento em 7 de julho. Ao todo, no período entre 7 de julho e 6 de agosto, os “serviços do mês” totalizaram R$ 406,90 no pacote descrito como “Combos New Sky HDTV Super 2011 – M”, que custou R$ 299,90. Com o pacote opcional de futebol, esse valor foi acrescido de R$ 69,90. A fatura foi endereçada à Rua Riachuelo, 760, no bairro tradicional de Papicu, em Fortaleza (CE).
Procurado pela reportagem, tanto por e-mail quanto pelo telefone de seu gabinete em Brasília, José Airton não foi encontrado. O Congresso em Foco mantém o espaço aberto para que o deputado se manifeste sobre o assunto a qualquer momento.
Cotão
A Câmara e o Senado fazem análise apenas dos aspectos relativos à regularidade fiscal e contábil das prestações de contas dos parlamentares para autorizar o ressarcimento das despesas.  Os técnicos examinam apenas se o serviço contratado é contemplado pelo cotão.
No Ato da Mesa Diretora nº 43, que institucionalizou a Ceap em junho de 2009, registra-se que a verba é “destinada a custear gastos exclusivamente vinculados ao exercício da atividade parlamentar”. Entre as descrições de serviços e produtos designados como necessários a tal atividade está a assinatura de TV a cabo “ou similar”, sem restrições de canal ou tipo de programação. Os valores são pagos aos congressistas na forma de reembolso mediante apresentação de comprovantes de pagamento.
“Não é pelo valor em si que a gente deve fiscalizar [o uso do dinheiro público], mas pelo ato em si. Porque quem mexe com um valor pequeno sem responsabilidade pode, também, não ter responsabilidade para lidar com valores altos de dinheiro público. Essa atitude de fiscalizar, de cobrar, tem de ser independente do valor. Cada cidadão brasileiro tem a obrigação, até, de ser um fiscal, e cobrar dos gestores públicos uma posição mais coerente, mais correta para lidar com o dinheiro público”, disse à reportagem o ativista digital Lúcio Big, que se dedica a analisar como os congressistas gastam o cotão e descobriu os gastos com a TV por assinatura.(Congressoemfoco)

STJD EXCLUI ICASA DA SÉRIE B DO CAMPEONATO BRASILEIRO

Por Clóvis Gonçalves
O clube foi punido por acionar a justiça comum pleiteando um lugar na Série A do Campeonato Brasileiro. Icasa está excluído da Série B do campeonato brasileiro.

O Icasa foi excluído do Campeonato Brasileiro da Série B. Na Primeira Instância do STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) nesta sexta-feira, foi decidido que o clube é culpado por ter entrado na justiça comum pleiteando um lugar na Série A do Campeonato Brasileiro, infringindo o artigo 231 do CBJD (Código Brasileiro de Justiça Desportiva) que diz que é proibido pleitear, antes de esgotadas todas as instâncias da Justiça Desportiva, sob a pena de exclusão da competição.

Além da exclusão, o clube cearense também foi punido com uma multa de R$ 50 mil. Agora, o pleito decidirá se a punição será imediata ou posterior. Se mantida a decisão do Pleno, o Icasa já não estará em campo na próxima sexta-feira, às 19h30, contra a Ponte Preta, pela 20ª rodada da Série B.

O Icasa pleiteou a justiça comum no início deste ano, quando o time cearense acusou o Figueirense de ter atuado com o volante Luan de forma irregular. O jogador, segundo os alviverdes, não poderia ter defendido o time catarinense contra o América-MG, no dia 28 de maio de 2013, porque o mesmo ainda possuía vínculo com o Metropolitano-SC.


Os alviverdes foram denunciados em dois artigos do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD) por acionar a Justiça Comum: 191 (II) e 231. Neste caso a punição acarretaria em multas que variam de R$ 100 a R$ 200 mil (somando os dois artigos) e a exclusão da competição.Com informações Futebol Interior.

ATLETAS FEIRENSES TÊM TRATAMENTO ESPECIAL DO GOVERNO MUNICIPAL

Por Clóvis Gonçalves

Segundo o diretor de esporte do município Emerson Brito, o objetivo é que a cidade seja referencia no setor.
O esporte amador feirense vem ganhando grandes incentivos para representar o município em competições de outras cidades. Um grande exemplo disso foi o apoio que o Governo Municipal disponibilizou para os atletas que disputaram a Zonal dos Jogos Abertos da Bahia no último final de semana, dias 23 e 24.
 Uma delegação com mais de 90 componentes embarcou para Itaberaba, dentre eles 77 atletas que disputariam os jogos. O transporte foi realizado com ônibus de característica Semi-Leito, com wi-fi e ar condicionado, o que proporcionou uma viagem tranquila e confortável.

As delegações geralmente nestes tipos de jogos ficam hospedados em alojamentos, que muitas vezes ficam improvisados no próprio ginásio onde acontecem as competições. Desde o ano passado que o Governo Municipal vem fazendo diferente. Os atletas e comissão técnica ficam hospedados em um hotel com pequena distância do local da competição e veículos disponíveis para fazer o deslocamento.

“Eu trabalho há muitos anos com esporte. Nunca tinha visto um governo investir tanto em estrutura e logística para atletas. Realmente estão de parabéns e está servindo de exemplo em todas as cidades em que a gente passa”, ressaltou o treinador do time de voleibol, Jarbas da Silva Araújo.

A alimentação foi prioridade para os competidores. Além das refeições diárias – café da manhã, almoço e janta – houve também um trabalho com reposição com suplementação alimentar e recuperação após as partidas.

Juliana Michele Lima, jogadora do time de basquete feirense, aprovou a atitude do Governo Municipal. “Foi bastante satisfatório o apoio dado. Nos últimos dois jogos abertos que participamos pudemos perceber que há uma preocupação em valorizar o esporte”.

Segundo o diretor de Esportes da Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer, Emerson Brito, o órgão também disponibilizou para as equipes os uniformes de jogo e de passeio. “Estamos incentivando o esporte para nossa cidade ser referência no setor”, enfatizou.

“Sem dúvida nenhuma esse tipo de atitude faz crescer nosso esporte. Os atletas entram em quadra mais focados, mais confiantes e com vontade de ir lá e dar seu melhor para representar o município de Feira de Santana”, destacou o treinador do time de voleibol.

FONTE: Com informações da SECOM/PMFS

ECONOMIA BRASILEIRA ENCOLHE EM 0,6% DIZ IBGE

Em valores correntes (em reais), a soma das riquezas produzidas no período chegou a R$ 1,27 trilhão

Economia brasileira encolhe 0,6%, diz IBGE
Crédito: Reprodução
A economia brasileira encolheu 0,6% no segundo trimestre deste ano, na comparação com os três meses imediatamente anteriores, segundo dados divulgados nesta sexta-feira (29) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em valores correntes (em reais), a soma das riquezas produzidas no período chegou a R$ 1,27 trilhão.

Na comparação com igual período do ano passado, a queda do Produto Interno Bruto (PIB) foi de 0,9%. No acumulado em quatro trimestres encerrados no 2º trimestre de 2014, a atividade doméstica ainda registra alta, mas de apenas 1,4%.

O dado do primeiro trimestre de 2014 – que, ao ser divulgado, em maio deste ano, indicava expansão de 0,2% – foi revisado para queda de 0,2%. Com a sequência de dois trimestres seguidos de queda, configura-se um quadro que os economistas chamam de recessão técnica.

DATAFOLHA: MARINA DISPARA E EMPATA COM DILMA

Por Clóvis Gonçalves
Na pesquisa anterior, de 18 de agosto, a petista tinha 36%, enquanto a ex-ministra do Meio Ambiente contava com 21%
O Datafolha divulgou na noite desta sexta-feira (29) a pesquisa de intenção de votos para a eleição presidencial. A candidata Marina Silva (PSB) aparece empatada com a presidente Dilma Rousseff (PT); ambas têm 34% da preferência de votos. Na pesquisa anterior, de 18 de agosto, a petista tinha 36%, enquanto a ex-ministra do Meio Ambiente contava com 21%.

O candidato Aécio Neves (PSDB) tomou um tombo nesta pesquisa do Datafolha. Ele saiu de 20% das intenções de voto para 15%. Pastor Everaldo (PSC), o quarto colocado, também perdeu: saiu de 3% para 2%. Brancos e nulos diminuíram: de 7% para 8%. Também caiu a participação dos que responderam que não sabem ou não responderam: de 9% para 7%.

Os demais candidatos não chegaram a 1% das intenções de votos.

Na simulação do segundo turno, Marina seria eleita (50% da intenção de votos, contra 47% na pesquisa anterior). Dilma perdeu espaço, mostra o Datafolha. De 43% das preferências, a candidata do PT agora tem 40%.

Se o segundo turno fosse entre Dilma e Aécio, a presidente garantiria a reeleição, com 48% das intenções de votos (contra 47% da pesquisa anterior). O candidato tucano teria 40%, contra 39% no levantamento de 18 de agosto. Brancos e nulos respondem por 9%. Não sabem ou não responderam compõem 4%.

Cai a taxa de aprovação do governo

A mesma pesquisa do Datafolha mostra que a taxa de aprovação do governo da presidente Dilma Rousseff caiu. Ao todo, 35% opinaram que a administração é boa ou ótima, ante 38% na pesquisa anterior. Já a avaliação negativa (ruim ou péssima) aumentou – foi de 23% paa 26%. A avaliação regular oscilou menos, de 38% foi para 39%.


Foram ouvidos pelo Datafolha 2.874 eleitores (em 178 municípios), entre a quinta-feira (28) e esta sexta-feira (29).

sexta-feira, 29 de agosto de 2014

SESAB E PREF. MUNICIPAL DE IRARÁ CONCLUEM ETAPA DO PROGRAMA SAÚDE EM MOVIMENTO NA ESCOLA

Por Clóvis Gonçalves

Na manha desta sexta-feira (29/8) sala de vídeo da Escola Municipal São Judas Tadeu a prefeitura municipal de Irará através das parcerias entre as secretarias de saúde e educação do próprio município realizaram as entregas de óculos aos 35 alunos da rede municipal de ensino, essa é mais uma etapa do Programa Saúde na Escola do governo do estado da Bahia através da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia-SESAB e Prefeitura Municipal de Irará, além das presenças dos secretários Ana Maria Pinto, Saúde e Márcio Jambeiro da Educação, das respectivas pastas envolvidas na parceria, o prefeito de Irará Derivaldo Pinto-PT, e a representante da diretoria de projetos estratégicos do governo do estado da Bahia Vejane Farias, e pais de 35 alunos.

A secretária municipal de saúde de Irará Ana Maria Pinto informou que foram avaliadas por oftalmologistas mais de 200 crianças de 7a14 anos, e 35 foram identificadas com necessidade do uso de óculos, e nesta parceria entre os governos estadual e municipal a redução da acuidade visual nessas crianças que são alunos da rede municipal de ensino que possa melhorar o desempenho na própria escola, segundo a secretaria dois casos de crianças com necessidade de intervenção cirúrgica e já estão sendo encaminhadas para a realização do procedimento, salientou que foram encaminhadas vinte paciente de Irará ao programa Saúde em Movimento em Feira de Santana para realizar cirurgia de catarata.

Em entrevista concedida ao repórter Clóvis Gonçalves da rádio Irará FM a representante da SESAB Vejane Farias informou que são 23 municípios beneficiados na região de Feira de Santana onde será entregue na próxima terça-feira dia 2 de setembro 1.006 óculos para alunos matriculados na escola da rede publica que passaram pelo atendimento com o oftalmologista como parte do Programa Saúde em Movimento do governo do estado da Bahia via SESAB, em todo estado da Bahia que são 417 municípios, 217 participaram do programa foram realizadas 50 mil consultas oftalmológicas, e 19 mil óculos foram prescritos, ela informou que esse programa é uma parceria com o Ministério da Saúde, governo do estado da Bahia, e municípios é feita uma portaria ministerial tem prazo de 1 ano, podendo ser renovada através de publicação por parte do Ministério da Saúde, concluiu Vejane Farias.
AGENTES COMUNITÁIOS DE SAÚDE - No anexo da escola municipal São Judas Tadeu estava sendo realizado o curso de Saúde Mental com ênfase em álcool, crack e outras drogas para capacitar os agentes comunitários de saúde, ao final do curso os agentes receberam kit para desenvolver as atividades no atendimento as comunidades. (Matéria Original Blog clovisgoncalvesdeirar).