quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

BRADESCO EM LONDRINA É CONDENADO A PAGAR 150 MIL POR DEMITIR GERENTE COM CANCER



Por Clóvis Gonçalves

Funcionário do banco foi demitido seis meses após revelar a doença, mas instituição alegou que saída dele não tem relação com câncer de intestino que o matou. O banco Bradesco, em Londrina, deve R$ 150 mil em indenizações aos filhos de um gerente da instituição, demitido de forma considerada discriminatória pela Justiça do Trabalho. O gerente faleceu de câncer no intestino, após questionar a demissão e vincular a decisão do banco à doença. A condenação é da 3ª Turma de desembargadores do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) em Curitiba. Ainda cabe recurso.

Segundo a assessoria de imprensa do TRT, o gerente teve a confirmação do câncer em 2012. Com mais de 30 anos no banco, foi demitido apenas seis meses após revelar a doença.

Na ação no TRT, o Bradesco defendeu o direito de demitir e alega ter quitado as indenizações trabalhistas comuns, decorrentes da quebra do contrato com o gerente. Também alegou que embora os empregadores tenham autonomia para dispensar empregados, a demissão do gerente não teria relação nenhuma com a descoberta da doença, que seria desconhecida da direção do banco.
No começo da noite desta quarta-feira (28), o JL ligou para a assessoria de imprensa do banco, mas ninguém atendeu porque o expediente estava encerrado.

O juiz Alexandre Augusto Campana Pinheiro, da 5ª Vara do Trabalho de Londrina, ouviu das testemunhas ser impossível ao banco ignorar a doença diante dos comentários gerais sobre o estado de saúde do empregado – que visivelmente havia perdido 60 quilos e chegou a pesar somente 65 quilos, além de enfrentar diversos problemas e alterações psíquicas causadas pelo câncer.
O juiz de Londrina, segundo o TRT, chegou a determinar a reintegração do trabalhador após alta médica mas ele faleceu antes de voltar para o trabalho, em meio às contestações judiciais promovidas pelo banco.

Para a desembargadora Thereza Cristina Gosdal, que participou do julgamento do caso, o direito de demitir do empregador deve ser relativizado pois tem relação com a preservação da dignidade do trabalhador, segundo a Constituição.
Fonte: Gazeta do Povo (íntegra de publicação de 28 de janeiro de 2015)

PREFEITO DE IRARÁ SE REUNIÃO COM DIREÇÃO DA APLB SINDICATO

Por Clóvis Gonçalves

No Centro de Formação Profissional de Irará, (CEPI) situado na Rua Pedro Nolasco de Pinho no perímetro urbano da cidade de Irará na manha desta quinta-feira (29/1)foi realizada uma reunião com o gestor municipal Derivaldo Pinto, o secretário de administração Glauber Cerqueira, o assessor contábil Fernando Carlos, a secretária de educação Dací Lima e a diretoria da APLB sindicato. 


O representante Sindical Ubiratan Silva Reis, disse ao repórter Clóvis Gonçalves que o convite a diretoria da APLB para este encontro nesta quinta-feira (29/1) partiu da iniciativa do governo municipal, o longo encontro que teve início às 10h35min a discussão foi referente a reajuste salarial dos profissionais municipal em educação, com base no novo piso nacional.


Ainda nesta reunião fora tratada também sobre a replanejamento do Plano Municipal de Educação. Segundo o professor Ubiratan Silva Reis informou ao repórter que a categoria irá elaborar algumas propostas para serem apresentadas nos dias 4,5,e 6 de fevereiro de 2015 no Centro de Juventude na Rua Pedro de Lima, segundo ainda informou o sindicalista o prazo para a entrega do Plano Municipal de Educação por parte do município será até  junho de 2015.


Às 12h10min o prefeito Derivaldo Pinto após o término do encontro viajou para a cidade de Salvador onde foi assinar convênio com a secretaria de Saúde do estado da Bahia (SESAB) o gestor municipal e o líder sindical não quiseram gravar entrevista, mas os desfechos desta primeira reunião será sequenciado em uma próxima oportunidade, a data não ficou definida.   

CONTAS DE LUZ DEVE SUBIR 27,6%;GASOLINA,8% NO ANOA,PREVÊ BANCO CENTRAL


SEGUNDO O COPOM, COM MAIS INFLAÇÃO, JUROS DEVEM CONTINUAR SUBINDO


Banco Central prevê gasolina 8% mais cara e reajuste de 27% na energia elétrica (Foto: Estadão)O Banco Central trabalha com a perspectiva de que a conta de luz sofra uma alta de nada menos que 27,6% neste ano. Já a gasolina, segundo a ata da reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), ficará 8% mais cara em 2015, após a elevação dos impostos sobre os combustíveis.
o peso no bolso do brasileiro vai ser ainda maior. O BC também prevê reajuste de 3% no botijão de gás e de 0,6% nas tarifas de telefone fixo.Na ata, o Banco Central elevou a estimativa da alta dos preços administrados neste ano, para 9,3% ante os 6% calculados antes, um dos principais fatores de pressão da inflação. Na ata da reunião da semana passada, publicada na manhã desta quinta-feira, 29, a cúpula do BC acredita que a possibilidade de alcançar a meta de inflação no ano que vem aumentou, mas os sinais de que a inflação vai melhorar daqui para frente ainda são insuficientes. "
O Copom avalia que o cenário de convergência da inflação para 4,5% em 2016 tem se fortalecido. Para o Comitê, contudo, os avanços alcançados no combate à inflação – a exemplo de sinais benignos vindos de indicadores de expectativas de médio e longo prazo – ainda não se mostram suficientes”, disse o Copom na ata.
O presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, tem dito desde o final do ano passado que a inflação subiria no início de 2015, mas que iria desacelerar ao longo do ano. Segundo ele, no encerramento de 2016, o BC conseguirá entregar a inflação no centro da meta de 4,5%. No entanto, na ata divulgada hoje, o Banco Central retirou a avaliação de que a atividade tende a iniciar uma recuperação no segundo semestre deste ano. A instituição atrelou a retomada à confiança de famílias e empresas. “O ritmo de expansão da atividade doméstica este ano será inferior ao potencial”, indicou.

Na semana passada, pela terceira vez seguida após as eleições, o BC aumentou a taxa básica de juros (Selic), por unanimidade, de 11,75% ao ano para 12,25 % ao ano. É a maior taxa desde agosto de 2011. Em vez de focar no crescimento do país que está próximo de zero, os diretores apertaram discurso contra a alta de preços.(DiáriodoPoder)

GOVERNO TEM ROMBO DE R$ 17,24 BILHÕES EM 2014,PIOR DESEMPENHO DESDE 1997

Por Clóvis Gonçalves

Puxada por um grande déficit da Previdência, as contas do governo central ficaram negativas pela primeira vez no acumulado de um ano desde o início da série histórica

Em dezembro, as contas do Governo Central registraram superávit de 1,039 bilhão de reais
Em dezembro, as contas do Governo Central registraram superávit de 1,039 bilhão de reais (Ivan Pacheco/VEJA.com)
As contas da presidente Dilma Rousseff fecharam 2014 com um déficit primário de 17,242 bilhões de reais. O resultado do chamado governo central, que reúne as contas do Tesouro Nacional, INSS e Banco Central, registraram o pior desempenho da série histórica que teve início em 1997. Foi o primeiro déficit da série e corresponde a 0,34% do Produto Interno Bruto (PIB). Em 2013, o superávit acumulado foi de 76,993 bilhões de reais, ou 1,59% do PIB.
O rombo histórico das contas do governo, divulgado pelo Tesouro nesta quinta-feira, consolidou um processo de forte deterioração fiscal que a presidente Dilma tenta agora reverter para retomar a confiança no país. Apesar das pedaladas fiscais (atrasos nos pagamentos de despesas) que ainda ficaram para 2015 e receitas extraordinárias, o resultado de 2014 ficou distante da última previsão do governo, de fechar o ano com um superávit de 10,1 bilhões de reais. No início do ano, o governo prometeu fazer um superávit de 80,7 bilhões de reais nas contas do governo central.
O resultado reflete uma combinação de aumento de despesas, queda forte da arrecadação por causa da atividade econômica fraca e desonerações tributárias em volume elevado. 

Dados do Tesouro mostraram que as despesas subiram 12,8%, para 1,013 trilhão de reais, enquanto as receitas avançaram apenas 3,6%, totalizando 1,031 trilhão de reais.
A Previdência foi, de longe, o setor que mais contribuiu para o rombo anual. Separadamente, as contas do Tesouro tiveram um superávit de 39,570 bilhões de reais, o do INSS um déficit de 56,698 bilhões de reais e o resultado das contas do Banco Central foi negativo em 114,8 milhões de reais.

Dezembro - Apenas em dezembro, as contas do governo central registraram um superávit de 1,039 bilhão de reais, decepcionando mais uma vez. No final do ano passado, o ex-secretário do Tesouro Nacional, Arno Augustin, havia garantido que o superávit seria de dois dígitos, o que não ocorreu. O resultado de dezembro é pior para o mês desde 2008, quando as contas fecharam com déficit primário. Para não ser responsabilizado pela Lei de Responsabilidade Fiscal, o governo conseguiu que o Congresso Nacional aprovasse uma alteração na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) que permite o descumprimento da meta. (Veja)

quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

POLÍCIA ENCONTRA CORPO DO SEXO MASCULINO COM SINAIS DE TORTURA EM C. DE JACUÍPE

Por Clóvis Gonçalves
O corpo de um homem seminu e ainda não identificado foi encontrado pela polícia na manhã desta quarta-feira (28), às margens da BR-101, no loteamento que fica no bairro Nova Brasília, em Conceição do Jacuipe.

Ele já estava em estado de gigantismo e apresentava várias marcas de tiros e tinha os olhos vazados. O corpo tinha uma tatuagem na perna direita.
Populares informaram ter ouvido disparos de arma de fogo na noite de segunda-feira. Uma equipe da delegacia territorial esteve no local e providenciou a remoção do corpo para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) da cidade de Santo Amaro. (Jacuipe Notícias.)

ESTUDO MOSTRA QUE NO BRASIL JOVENS CORREM RISCOS DE SEREM ASSASSINADOS ANTES DOS 19 ANOS DE IDADE

Por Clóvis Gonçalves

Até 2019 jovens brasileiros correm o risco de serem assassinados de forma violenta antes de completar 19 anos, essa é uma das conclusões do índice da adolescência que nunca foi tão alto em sete anos de pesquisas, o risco para os meninos e os negros entre as regiões o nordeste tem a maior taxa de assassinatos de adolescentes.

Em 2012 o numero de homicídios na população adolescente brasileira entre 12 e 18 anos foi a mais alta nos últimos 8 anos, o índice foi divulgado pelo governo federal, sociedade civil e UNICEF, o estudo foi feito para ajudar na avaliação das politicas de prevenção a violência. O levantamento mostra que para cada grupo de mil adolescente que completaram 12 anos em 2012 entre três corre risco de ser assassinado antes de completarem 19 anos de idade, houve um aumento de 17% em relação a 2011. 

Para a Ministra-Chefe da secretaria de Direitos Humanos da Presidência da Republica Idely Salvatti, a situação é muito preocupante não só para o governo federal porque o enfrentamento da violência contra os nossos adolescentes é uma responsabilidade que tem que ser assumida pelos governos federal,estaduais, municipais, executivos, legislativos e o poder judiciário, só nesta lógica de um pacto nacional enfrentado a violência em nosso país é que podemos reverter esses números tão alarmantes.

A região nordeste do Brasil é a região com a maior taxa a cada seis adolescentes em um grupo de mil corre o risco de morte violenta antes de completar os 19 anos, dos cincos estados com o maior índice quatro estão no nordeste, Alagoas, Bahia, Ceará, e Paraíba o Espirito Santo também aparece com mais sete adolescentes para um grupo de mil, com o risco de morte antes dos 19 anos segundo a pesquisa.  Pelo índice divulgado com o maior numero de morte por grupo de cada mil habitantes é ainda maior em Itabuna na Bahia saltou de 10,6% para 17%, a cada mil habitantes podem ser mortos antes de completar os 19 anos, as cidades Vitoria da Conquista e Camaçari os índices também aumentaram, para a cada mil adolescentes, é seguida por mais duas cidades no Espirito Santo, Cariacica e Serra.

Nas última duas década a violência no Brasil migrou de um problema basicamente das grandes metrópoles é um problema sobre tudo na região  do nordeste então o crescimento é constante no nordeste vitimando mais do que a região centro oeste, só a região sul  teve um decréscimo contra adolescente neste último ano,disse representante da UNICEF. O estudo ainda revela que a possibilidade de jovens negros serem assassinados três vezes maior do que os branco além disso os meninos representa um risco 12 vezes maior do que as meninas,uma outra informação da pesquisa a arma de fogo é mais usada nos assassinatos de jovens.(JH)       

















      

EX- DEPUTADO CONDENADO DO MENSALÃO É FLAGRADO TOMANDO CERVEJA,QUANDO DEVERIA ESTÁ TRABALHADO

Por Clóvis Gonçalves

O ex-deputado Romeu Queiroz foi flagrado tomando cerveja em um bar com amigos no horário que deveria esta trabalhado de acordo com o benefício recebido da justiça, ele é um dos condenados a 6 anos  por corrupção e lavagem de dinheiro  no esquema do mensalão, ele esta cumprindo pena no regime semi aberto, agora com esse flagrante o ex-deputado perdeu o direito a esse benefício, Romeu Queiroz tinha o direito de trabalhar fora do presídio e das saídas temporárias suspensas pela justiça, o consumo de bebida alcoólica é proibido para preso que estão no regime semi aberto.

A decisão foi motivada pela notícia de jornal e pela publicação vídeo feito por um advogado que não teve o nome revelado nas imagens Romeu Queiroz esta bebendo cerveja em um bar na capital mineira (Belo horizonte) acompanhado por um outro homem,uma audiência para apurar o fato está marcada para o mês de março, por enquanto Romeu Queiroz já esta de volta a prisão.


A defesa do ex-deputado disse que ele não foi ouvido para explicar a sua posição sobre o caso, ele nega que não estava tomando bebida alcoólica, a defesa informou ainda que vai entrar com um recurso contra a decisão.(JH)